Inspiração

Retomando as atividades!

Tirei umas férias do blog também, estava precisando!

Voltei mais exigente e crítica comigo mesma, principalmente depois de uma conversa com uma pessoa mais que especial: meu avô! Fico pensando… como eles ensinam a gente! Conseguem transmitir verdades incontestáveis apenas com o brilho do olhar. Já passaram por tantas coisas na vida que tentam até nos poupar de algumas, mas percebem que assim como eles, teremos que enfrentar tudo, momentos bons e ruins, assim como eles o fizeram, para chegarem ao que são hoje.

Enquanto as palavras saíam carregadas de afeto em direção aos meus ouvidos, aos poucos outros foram se aproximando e investindo atenção ao que era dito. Conversa esta que começou com uma crítica ao livro que eu estava lendo, isso mesmo, ele encontrou um erro gramatical no livro. Após isto, tudo se desenrolou a outras temas, até mais pessoais, e foi aí que ficou bom!

Parece besta, mas enquanto ele falava meus olhos enchiam de lágrimas, não sei se de orgulho, inspiração ou alegria em ver o quanto ele sabe das coisas, que ele aprendeu não só nos livros (que foram muitos) mas com a vida mesmo. Era uma fala intensa, nostálgica, mas sem idealismos, muito realista. Depois desta conversa, meu pensamento era o seguinte, sonhar é bom, mas melhor ainda é manter um pé na realidade. A vida exige coisas da gente que um sonho por si só não realiza. Vejo o quanto as pessoas dizem que sonhar é o começo de tudo, e não tiro a razão de quem fala isso, mas afirmo, sonhar não é tudo! O percurso que se faz até chegar a concretização dele é o que realmente importa, porque como já sabemos, os sonhos não cessam, depois de um, sempre virá outro, outro e mais outro.

Linda dança da vida.

Por fim, as férias foram doces como o doce-de-leite de minas, macias como um pão de queijo quentinho e alegres como as conversas na casa dos avós…tá bom pra vocês? 🙂

Depois desse sonho de férias, de volta a realidade, que não é nada mau também!

Beijos

2 thoughts on “Inspiração

  1. Seus leitores comemoram o retorno.
    Sabe Mariana, sou fã da forma como os mais velhos transmitem suas verdades. Não é a toa que ao final do curso de psicologia me debrucei sobre a psicologia do envelhecimento.
    Parar pra ouvir as histórias, perceber que dali emerge um saber e ter a inspiração pra seguir a vida. Poucos dão valor a essas questões atualmente, poucos se permitem ouvir, ainda mais ouvir os mais velhos.
    Vou meditar sobre sonhar e realizar, confrontar a fantasia e realidade é angustiante, mas necessário.
    Beijoss

  2. Eu acho que sonhar é se permitir sair da realidade, e visitar aonde o nosso imaginário gostaria de nos levar… Sonhar, na minha opnião, é fundamental! O sonho não dita o caminho nem dá respostas, logo sozinho é vazio, mas ajuda a dar direção e sentido ao que fazemos. Sem ele, seriamos limitados a racionalidade e suas razões tão clichês e sem graça… Nossos sonhos são coisas que, normalmente, a realidade não ousaria deixar nosso racional almejar… =)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s